Feira do Conhecimento: balanço positivo marca números da sexta edição do evento

23 de novembro de 2022 - 12:22


Após dois anos consecutivos em formato virtual por conta da pandemia, a FdC conseguiu, mais uma vez, alcançar seu propósito de popularizar a CT&I para os cearenses

Com programação 100% presencial, a Feira do Conhecimento 2022 foi encerrada no último dia 5 de novembro, contabilizando cerca de 32 mil visitantes em três dias de evento. Ao todo, foram mais de 80 atividades promovidas e distribuídas em 100 horas de conteúdo gratuito, numa estrutura de 7500m² dotada de palco multiuso, com capacidade para realizar até três palestras simultâneas.

A Feira do Conhecimento 2022 foi uma realização do Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), e aconteceu dos dias 3 a 5 de novembro, no Centro de Eventos, em Fortaleza. A programação contou com palestras, oficinas e a exposição de cerca de 150 estandes de empresas, projetos, universidades e outras iniciativas, tudo para proporcionar os visitantes uma experiência única, em um ambiente físico especialmente pensado para integrar, capacitar e entreter os visitantes.

Popularização

Ao todo, a FdC recebeu 170 caravanas, com estudantes vindos de várias partes do Estado. “Em sua sexta edição e após dois anos consecutivos em formato virtual por conta da pandemia, a FdC conseguiu, mais uma vez, alcançar o seu propósito, que é o de popularizar a Ciência, a Tecnologia e a Inovação para os cearenses e ampliar a rede de conexões dos participantes”, destaca o secretário da Secitece, Carlos Décimo.

Ele completa: “A Feira do Conhecimento está no calendário oficial de eventos do Estado por meio de uma Lei, o que denota a importância da iniciativa e garante a continuidade da FdC para as futuras gerações, com a oferta de mais oportunidades de acesso ao conhecimento científico e tecnológico”, frisa o secretário da Secitece.


Programação diversificada

Entre os mais de 80 palestrantes que compartilharam conhecimento, a edição deste ano teve, entre as atrações, o artista cearense Silvero Pereira, falando sobre “Educação, Arte e Diversidade como mecanismo de transformação social”. A Feira também contou com espaços interativos, como a Arena Metagames, E-Sports, Drones, Robótica, Popularização e Conexão.

Os estudantes que prestaram o vestibular da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) puderam participar de com um aulão preparatório com professores do curso pré-vestibular UeceVest, prontos para revisar e passar todas as dicas para o sucesso dos alunos nas provas.

Mostras de Startups, workshop de pitch (apresentação para investidores), palestras e premiações marcaram a programação na área de negócios da FdC. O evento contou com palestras de Angelo Vieira (Natura), Fabiano Pellin (Unibanco), Alexandre Abreu (JABIL) e Deusmar Queirós (Pague Menos). Em reconhecimento aos atores de inovação do Estado, A FdC também foi palco para o “Prêmio Ceará Awards”.

Durante os três dias, o evento abrigou estandes do Museu da Imagem e do Som, do Museu Bojogá, do Museu de Paleontologia, do Museu de História Natural, do Museu do Mangue e do Museu da Escrita, onde os visitantes puderam conhecer a história e interagir com ela, conectando passado, presente e futuro. A FdC também sediou o I Simpósio Nacional de Haff, coordenado pelo Nutec.


Histórico

Desde sua primeira edição, em 2017, a Feira do Conhecimento reúne academia, empresas, governo e comunidade para mostrar o conhecimento produzido no Estado. Com centenas de atrações gratuitas, nacionais e internacionais, de diversas áreas da Ciência e Tecnologia, a FdC já recebeu quase 100 mil visitantes ao longo de suas seis edições.