SNCT 2009: Noites Galileanas em Fortaleza e Sobral

19 de outubro de 2009 - 11:36

Como parte da programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, nos dias 22, 23 e 24 de outubro, estarão sendo comemoradas internacionalmente as Noites Galileanas (NG), mais um evento global do Ano Internacional da Astronomia (IYA 2009), defino pela ONU para o ano de 2009, onde se celebra em todo o mundo os 400 anos desde que Galileu Galilei apontou seu telescópio para o céu.

O programa visa oferecer ao público de todo o mundo a oportunidade de observar os mesmos corpos celestes vistos em 1609 por Galileu através de sua luneta e descritos em 1610 em sua obra pioneira, “O Mensageiro das Estrelas” (Sidereus Nuncius). Em especial, se concentrará na observação da Lua e do planeta Júpiter e seus quatro satélites principais; porém outros objetos descritos por Galileu em 1610, como as Plêiades e a Nebulosa de Orion (M42), poderão também ser visualizados.

Durante a SNCT, os Nós Locais da Rede IYA2009, incluindo o Planetário Rubens de Azevedo, em Fortaleza, e o Museu do Eclipse, em Sobral, realizam as Noites Galileanas. Eles concorrem a três prêmios nas categorias: atração de maior público porcentual nas observações públicas realizadas durante as Noites Galileanas; atração de maior público absoluto nos eventos por ele promovidos durante toda a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia; maior número de eventos públicos durante a SNCT. Os premiados receberão um telescópio refrator computadorizado Celestron NexStar 102 SLT, com 4 polegadas (102 mm) de diâmetro, f/6, dotado de tripé motorizado, duas oculares, “hand control” com base de dados de mais de 4000 objetos celestes, além de softwares e acessórios.

O Planetário Rubens de Azevedo foi contemplado essa semana com a doação de e um conjunto de 7 telescópios (1 NexStar 60GT- computadorizado e 6 dos pequenos FirsScope), doados “Developing Astronomy Globally (DAG)”, por meio de seleção com os Nós Locais brasileiros do IYA 2009. O Nó Local da IYA 2009 cearense é coordenado pelo Prof. Dermeval Carneiro.

Saiba mais em www.astronomia2009.org.br