Relatório de gestão aponta avanços da CT&I, Educação Superior e Profissional

30 de dezembro de 2018 - 16:41 #

Versão virtual já está disponível para leitura

Com foco na transparência e como forma de prestar contas ao povo cearense sobre a sua atuação, a Secitece acaba de publicar o seu Relatório de Desempenho de Gestão, com informações sobre as realizações e avanços nas áreas de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Superior e Profissional da última gestão da pasta (2015 – 2018).

O leitor poderá conferir nas páginas do relatório os editais de apoio à Inovação lançados, o estímulo às pesquisas e outros destaques, como os números das universidades estaduais e detalhes da decisão do Governo do Ceará de destinar 1,01% da receita tributária líquida do Estado para a Funcap. O repasse desses recursos representará, no final de 2027, mais de R$ 3 bilhões para Ciência e Tecnologia.

O trabalho da Secitece, que em 2018 completou 25 anos de existência, é realizado em conjunto com suas instituições vinculadas: Uece, UVA, Urca, Nutec, Funcap e Centec, num ambiente de diálogo franco e propositivo com respeito ao papel de cada uma das instituições que compõem o ecossistema de CT&I.

“Nesses quatro anos à frente da Secitece, sob a liderança do governador Camilo Santana e, primeiramente, com o então secretário Inácio Arruda, adotamos o Ceará do Conhecimento como pauta fundamental na nossa agenda, de forma a compor o repertório da gestão pública com o planejamento de ações de maneira integrada e abordagem multidisciplinar, valorizando à diversidade do povo cearense e dando uma atenção especial à erradicação da pobreza, à atração de grandes empresas e negócios em tecnologia e popularização e divulgação científica”, destaca a secretária Nágyla Drumond na publicação.

O relatório traz ainda as iniciativas que tem despertado o interesse científico e a busca pelo conhecimento nas crianças, jovens e adultos cearenses, como a Feira do Conhecimento e o projeto Ciência Itinerante.

Clique aqui para conferir a versão virtual do Relatório de Desempenho da Gestão (2015 – 2018).