Secitece traça panorama da educação a distância para implementação da Uace

4 de setembro de 2019 - 17:02 #

O estudo subsidiará a implementação da Universidade Aberta do Ceará e está incluindo visitas aos municípios. Em setembro, serão mais 23 cidades visitadas (foto da visita à UAB de Pedra Branca)

A Secitece, por meio da sua Coordenadoria de Educação Superior (Cesup), segue dando continuidade ao estudo que fornecerá o panorama atual do ensino superior presencial e a distância no Estado. A ideia é utilizar os subsídios do levantamento para a instalação da Universidade Aberta do Ceará (Uace), que já teve seu projeto aprovado pelo Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop) e autorizado pelo governador Camilo Santana.

Ao todo, 17 polos da Universidade Aberta do Brasil (UAB) entraram no circuito de visitas da Secitece nos meses de julho e agosto, e estão previstas visitas a outros 22 polos até o final de setembro. Além de realizar o levantamento de demanda por cursos de forma regionalizada, as visitas in loco às unidades da UAB no interior e na capital têm como objetivos divulgar os avanços históricos da educação superior e a situação atual da Uace, além de registrar a infraestrutura disponível para sua instalação.
Visita ao polo UAB de Tauá

Orçada em R$ 400 mil, a implantação da Uace deverá ser mais uma garantia de que estudantes de municípios com baixo IDH e em situação de vulnerabilidade tenham a oportunidade de acesso ao ensino superior. Quando estiver em funcionamento, a Uace ofertará cursos superiores, tecnológicos e técnicos, além de atividades de extensão e pesquisa para os cearenses.

As cidades visitadas em agosto foram Redenção, Quixadá, Quixeramobim, Orós, Iguatu, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Quiterianópolis e Tauá. Em setembro serão visitadas as 14 macrorregiões do Estado. Simultaneamente, a Secitece está elaborando o “Atlas da Educação Superior do Ceará” para publicação no início do ano 2020.
visita à UAB de Quiterianópolis


Visita à UAB de Piquet Carneiro

Mensagem para a Assembleia Legislativa

Em paralelo às visitas, a Secitece trabalha na elaboração do regimento interno da Universidade Aberta do Ceará e na mensagem que seguirá para a Assembleia Legislativa, com vistas à aprovação e criação da lei que implementa a Uace.